segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Tragédias e Deus


Nas tragédias, a fragilidade da vida nos "pega" de surpresa. A morte de amigos, familiares e mesmo de desconhecidos nos une em um grande "por quê", em um lamento ansioso por respostas e, lá no fundo, em um pedido de socorro e de consolo - como se fora um mergulho nas questões mais primárias da existência. Nesse mergulho, nem sempre encontramos respostas, mas até mesmo lá, nas profundezas das nossas angústias, lutos, dores e raiva, Deus se aproxima de nós. Nem sempre com respostas fáceis, mas sempre oferecendo vida, além das tragédias: "Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso" (Jesus no Evangelho de Mateus 11.29).
 
Oremos: Pai, tragédias geram perguntas, angústias e dores. Encontre-me em meus medos e faça-me achar novamente a alegria da sua salvação. Encontre todas as pessoas que enfrentam tragédias e cuide delas com o seu amor em Jesus, o doador da vida que não tem fim, o que venceu a morte. Amém.
 
Leia em sua Bíblia Mateus 11